SAE divulga Relatório Anual da Qualidade da Água consumida no Município

SAE divulga Relatório Anual da Qualidade da Água consumida no Município

SAE divulga Relatório Anual da Qualidade da Água consumida no Município

 

A Superintendência de Água e Esgoto de Ourinhos está enviando a mais de 40 mil domicílios de Ourinhos  que possuem um hidrômetro instalado, o Relatório Anual da Qualidade da Água Consumida no Município referente ao ano de 2017. A divulgação é prevista na portaria  federal nº 2914/2011 do Ministério da Saúde que determina divulgação de informações detalhadas ao consumidor sobre a qualidade da água distribuída para consumo humano.

 

O material  impresso apresenta o resumo com os resultados de todas as análises da água feitas no ano de 2017 atestando que a água tratada e distribuída pela SAE atende integralmente aos parâmetros exigidos pelo Ministério da Saúde.

 

Comprometida em  garantir que a água que os ourinhenses consomem chegue nas torneiras atendendo ao padrão estabelecido de potabilidade, a SAE  mantém um rigoroso controle de qualidade com análises diárias de amostras coletadas em variados pontos da cidade. As analises consistem na verificação da turbidez, pH, cor, cloro, fluor e coliformes totais demonstrando as condições da água que os munícipes estão consumindo.

 

O tratamento da nossa água começa com de captação do líquido bruto no Rio Pardo que  segue até a Estação de Tratamento de Água (ETA), onde o processo tratamento é realizado seguindo posteriormente para distribuição.

 

O tratamento é feito em sete etapas sendo:  

 

- Precipitação da Dureza:  aplicação de produto químico capaz de reagir com a dureza da água facilitando a remoção de impurezas por meio de floculação.

 

- Floculação: é etapa na qual a água é submetida à agitação hidráulica para que as impurezas formem flocos maiores e mais pesados.

 

- Decantação: é o  processo que permite a remoção dos flocos maiores pela ação da força da gravidade.

 

- Filtração: possibilita a completa remoção dos flocos após a passagem da água decantada por         camadas de seixos rolados, areia e carvão.

 

- Desinfecção: adição de cloro à água para garantir a eliminação de bactérias.

 

- Fluoretação: adição de flúor à água para prevenção de cáries.

 

- Reservação: a água tratada segue para o reservatório e posteriormente é distribuída.

 

E assim, além de cumprir a legislação brasileira, a divulgação do relatório anual  das análises garante o compromisso da autarquia com a  transparência em todas as etapas dos trabalhos realizados para produzir uma água pura para ourinhenses.

 

Outras Notícias